Tenho dois tipos de roupa: as que estao apertadas e as que já enjoei.

Coco Chanel: Algumas pessoas pensam que o luxo é o oposto da pobreza. Não é. É o oposto da vulgaridade.

“Que me perdoem se insisto nesse tema, mas nao sei fazer poema, nem cançao que fale de outra coisa que nao seja o amor….”Já dizia Toquinho.

Mas quando o assunto é recorrente em meu cotidiano, nao resisto e tenho que deitar a mao sobre este teclado.

Quero falar sobre a elegancia ou falta dela das mulheres. Já citei outro dia aqui a Nina essa blogueira que mora na alemanha e vou citar denovo, deixo no final deste ,  um post dela que recebi recentemente e junto com outras coisinhas mais me atiraram a escrever sobre isso. Nao sei se acontece com vc, mas existem assuntos que pedem para serem escritos, falados, refletidos….esquecidos e por aí vai….

Fui comprar umas calças jeans antes de viajar, coisa rara, pois nao costumo comprar jeans no Brasil, ao contrario da humanidade, nao acho que o jeans no Brasil veeeste suuuuper beeeeem, pois nao gosto de ser popozuda e pra mim todos os jeans aqui te deixam popozuda e outros udas mais que nao me interessam nem um pouco.

Primeiro: Aqui vendedor finge uma intimidade que nao é real. Me tratam como se fosse super melhor amiga, se nem os conheço. (Nada contra os vendedores, fui vendedora durante anos). Mas me diz, pra que perguntar meu nome? me chamar de fofa? Pedir telefone? Nao sei nao, esses anos morando fora me deixou chata.

O carinha que me atendeu me deu uns oito modelos de  calças pra provar sendo que eu queria somente um exemplar. Vc nem tem paz pra exeprimentar direito, fulano tá ali ao lado da cortina, e aí ficou bom? Mesmo que tenha ficado bom, muitas vezes eu nao quero mostrar pro vendedor. Nao preciso da opniao dele nem de ninguem quando gosto de uma roupa. Enfim eu acabo sempre me apressando com medo da pessoa abrir de repente a porta ou cortina, afinal sao tao “íntimos”. Cada uma que experimentava ele mandava eu dar uma voltinha e dizia insistente e irritantemente : Vestiu suuuuper bem! Tá gata! Eu naquele momento tava super empolgada em caber numa calça trinta e oito sem ter que deitar que me empolguei e experimentei as oito trazendo metade pra casa.  Quando fui experimentar de novo me achei horrivel, vulgar, com aquela cintura que mal chega no púbis, aquele popozao saltado, coxas marcadas. Me senti a própria Valesca popozuda.Eu, depois que saí da loja. Ridícula. Fiquei pensando: Pq ele me ofereceu essas calças? Nao percebeu minha idade? Meu estilo? Por que diacho comprei? Dias depois, estava eu no aeroporto esperando o Paolo chegar para embarcarmos e como de costume comecei a observar as mulheres (sou uma voyer de primeira linha adooooro). Entendi pq o carinha me vendeu aquelas calças: A cada 100 mulheres  99,76 usam calças apertadíssimas, vulgarisíssimas. Quer uma descriçao? Pele da cor de tijolo, cabelo alisado (agora se diz escova progressiva o que antes eu chamava de Henné) e tinto, salto 15 (gente é viagem de aviao, nao é festa!) camisetas ou camisas coladíssimas pra ficar evidente o quanto se gastou em silicone. Ah antes que eu me esqueça: unhas francesinha. Horror dos horrores. Antes eu tinha uma teoria : Quanto maior a conta bancária, mais largo o jeans, menor conta bancária mais justo o jeans. Mas isso nao se aplica no Brasil a sala vip (pelo menos da TAM) tá cheia de exemplares da Valesca.

Falta informaçao, falta espelho, falta bom senso. Como escrevi num post anterior: Cultura nao é aquilo que vc vê e sim aquilo que modifica seu olhar. Nao falo das meninas que encontro no trem, a informaçao que elas recebem provém da revista Conta mais, falo dessas mulhres que encontro na classe executiva que vao a europa tres, quatro vezes ao ano e isso nao muda nada.

Já enchi nean? Deixo o post da Nina:

Mulheres e suas roupas estranhas

Posted: 02 Mar 2011 01:20 PM PST

Você pode até me chamar de velha, chata, antiquada, invejosa, mal amada, ou o que mais quiser, mas porque diabos as mulheres usam tanta calca apertada heim minha gente? Aiiiii como eu odeio!
Sou muito pequena, nao tenho corpo violao, nem tudo no lugar, nao sou funkeira, nem sambista, nem dancarina do calypso (Deus me livre e guarde!) nem vivo em academia de ginástica, nao tenho bundao nem cinturinha, nunca fiz e se Deus quiser nunca vou querer fazer cirurgia plástica, e nao tenho inveja de quem tem ou de quem fez, por isso posso falar o que tenho vontade:
QUE SACO ESSAS ROUPAS TAO COLADAS!! Como detesto! Nossa… como detesto!
To xingando porque desde que tive meu bebê, procuro uma calca jeans pra comprar e só encontro essas muito coladas, com lycra, e que sao coladas até o tornozelo, como se chama isso, skinny? Meu Deus do céu, a calca aperta tudo e deixa a bunda gigante… que feio que fica. Só tem calca assim nas lojas! Nao encontro mais calca comprida normal, de boca um pouco mais larga. O mundo se rendeu à juventude mesmo. Eu acho que essa idade que eu to (quase 40) tem o problema de nao se encaixar em nada do que tem em exposicao nas vitrines. Eu nao quero nem me vestir como gatinha  e nem como coroa, po!  É muito chato isso! É chato nao ter roupa adequada pra gente, ou é 8 ou 80!
Eu gosto e sempre gostei de roupa mais larguinha, calcas tipo Marlene Dietrich, saca? Vestidos e saias na altura do joelho, shorts mais compridinhos, e tal, nunca fui chegada a roupa de lycra, colada demais, salvo uma época em que eu era mais jovem e achava que isso fosse sexy, gracas a Deus isso foi por um curto período da minha vida. As mulheres acreditam mesmo que isso é sexy, né? To falando das brasileiras, claro. Que mania de usar roupa estourando no corpo… credo! Outro dia tava olhando um programa chamado Esquadrao da Moda, no Brasil (adorava assistir antigamente o inglês, do mesmo nome, mas achei a versao brasileira muito desrespeitadora com as pessoas abordadas, afinal ficar apelando pra conquistar audiência com piadas grosseiras, enche um pouco a paciência, sabe?) e pude mais uma vez observar o óbvio: como as pessoas pecam pelo vestir. Na grande maioria das vezes as mulheres estavam com todas as banhas pululando desesperadamente das roupas, e  ainda se achavam extremamente bem vestidas e sexy. Gente, que coisa feia. A roupa já é colada ao corpo e ainda tem milhoes de decotes, na frente, atrás, é curta demais, rasgada, credo, quanta feiura junta,  nao aguento, é muita breguice pra minha cabecinha…
Será que esse povo nao nota o quanto aquilo é feio? O quanto é feio querer chamar a atencao pro próprio corpo desse jeito? O quanto a bunda fica gigante? O quanto o decote das costas marca todas as gorduras? Ou que os pneuzinhos estao muito marcados? Que é muito vulgar sair toda colada, rasgada, apertada, transparentada, purpurinada, rendada, tudo de uma vez só?
Quando será que a brasileira vai aprender que ser sexy tem mais a ver com posicionamento e inteligência e bom senso e ser feliz, do que o quao visível está a bunda, o pernao, o peitao dela? Que uma roupa elegante vale mais e chama mais a atencao do que uma roupa indecente? Que os olhos que ela vai atrair pra si usando algo que denigre sua imagem vai ser somente de homem sem estilo, sem bom gosto e o que é pior, só pra olhar mesmo e talvez, depois rir?
Gente, agora me diz uma coisa: o que é uma tal de mulher melancia heim???? O que é aquilo?? Que bunda é aquela? Meu Deus, o que é aquilo???????????????????????????????????
Ai eu to desconfiada que a TPM tá me rondando de novo… só pode ser, é melhor parar por aqui antes que eu comece  a falar os nomes das coisas que andei vendo alguns dias… é de envergonhar qualquer um que tenha o mínimo de bom senso e vergonha na cara…
ps. daí lembrei agora que sofri também assim quando chegaram essas calcas saint tropez, essas de cintura muito baixa, eu procurava calcas normais, com cintura normal e tive que desistir, porque nao existiam mais, e tive que adotar a calca de cintura mais baixa (sempre tendo o cuidado de nao mostrar os meus fundos por sobre a cintura da calca! Ahhh, você diria o cofrinho? ODEIO!). To até feliz que a cintura tá voltando ao lugar de sempre, será que vou ter que desistir e ter mesmo que usar essas coisas horrorosas coladas até o pé e que me dao a impressao de que vou cair a qualquer momento como um joao bobo ou ter problema de circulacao nas canelas?
Saco!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

21 respostas para Tenho dois tipos de roupa: as que estao apertadas e as que já enjoei.

  1. Luciana costa brito disse:

    Nossa gata, desculpe mas chei um pouco d+ seu desabafo ou seja lá como vc chama este post. Cada um gosta de um estilo de vida, de roupa do que seja, achei podre seu comentario sobre pessoas cor de tijolo e cabelo alisado. LIVRE arbitrio foi DEUS que criou para cada um ser exatamente como lhe convem. Somos somente humanos. Tem muita coisa legal pra vc postar sobre jeans principalmente.

    • Patrícia Mello disse:

      Concordo com vc… Também não sou chegada a roupas vulgares, mas nem por isso ridicularizo as pessoas que usam como ela fez… E roupa justa também tem sua beleza. è só saber usar…

  2. Juliana disse:

    falar mal dos outros é mais deselegante do que mostrar a bunda em um jeans apertado ! #ficaadica

  3. Realmente, as algumas mulheres perderam a noção do ridiculo.Acho horrorosas essas calças jeans…

  4. Delaine disse:

    O seu comentario foi completamente infeliz a valezca nao ti fez nada mal amada !!!

    • concordo ela só se veste como quer! o mal das pessoas é que ficam perdendo muito tempo tomando conta da vida dos outros!se ela se veste assim e gosta,oque você tem com isso?o mundo seria bem melhor se todos respeitassem uns aos outros!então faz o seguinte coloca uma foto tua ai e se critica ok?!vai ser mais digno do que você ficar julgando quem nem tem chance nem tempo pra te responder né! invejosa

  5. Maria José disse:

    Nossa tu deveria estar com algum problema quando escreveu isto. Afinal vivemos num país livre, cada um deve se vestir e agir com quiser, se tu não gostas não olha e pronto. Eu fiz progressiva e estou muito feliz, estou acima do peso e saudável, tenho celulite e rugas, também nunca usei calça jeans apertada, mas nem por isto vou sair por ai metendo o pau em quem usa. Deixa pra lé não sei nem porque comecei a comentar isto.

  6. Marcia Scialom disse:

    Li o texto por causa do título. Meu humor se identificou com as roupas apertadas e as que já enjoei. So que nao vou comprar novas. Teria de sumir com mais da metade do guarda roupa e ainda não tive coragem. No fundo do meu coração eu escreveria 80% do seu texto. Nao escrevo porque a vida precisa dessa “variedade” de gostos. O que seria da minha nora cirurgiã plástica se não houvesse quem gosta de mostrar os novos peitos? :-). Cheguei nesse site por causa do Paolo, meu ex sobrinho por lei. Mando um abraço para ele.

    • diacuy disse:

      Marcia seu “ex-sobrinho” adora sua “ex-tia” foi ótimo ter recebido vc no meu cantinho. Eu tb adoro diversidade de gostos e opniões, vide comments raivosos acima rsrsrs (aprovo todos) afinal não sou dona da verdade nem tenho essa pretensão.
      bjs

  7. Flávia disse:

    Nossaaaa garota, como vc é ressentida!!! Que coisa feia, emita sua opinião mas por favor, não seja cafona ao ponto de falar de cor de pele, cabelo, o seja lá o que for. Falta de bom senso foi a sua de ser tão grotesca na hora de desabafar. Arrogância não é elegância. Vc até pode ter um pouco mais de cultura (se é que tem né), mas vc acaba ficando mais deselegante e brega do essas garotas que se vestem da maneira que querem e ninguém tem nada a ver com isso. Seja um pouco mais humilde (se vc conseguir) e deixe as pessoas viver a vida da maneira que quer, vc não tem nada a ver com isso e ninguém te pediu a sua opinião, assim como vc não pede a dos vendedores que tentam somente ser gentil. Afff até parece mal amada.

  8. nina disse:

    Vim aqui ainda pouco mas tava dando erro na hora de enviar o comment. Ainda bem que ante tinha copiado…agora colo.

    Aaaahhhhhaaaa, te achei, obrigada por ter me enviado. Diacuy, vc sim, é minha flor 🙂

    Primeiro, me sinto honrada por um texto meu ter te inspirado, segundo, preciso mesmo dizer que concordo 100%???
    Vc tocou num tema que me deixa chateada tbm, que é essa falsa intimidade nas lojas do Brasil, eles aperreiam tanto que a gente acaba levando algo só pra se ver livre daquela tagarelice, mt chato tbm acho, perguntar nome, e mais chato ainda e invasivo, ficarem colados na porta do provador, tbm assim como vc, nao preciso de ninguém me dizendo se ficou bom ou nao, gosto de comprar sozinha, nao levo ninguém comigo, por isso mesmo. Ora bolas, nao tem um espelho ali?

    Esse lance da roupa justa demais me incomoda mt, a brasileira tem mt corpo, entao usar roupa justa demais, só faz isso sobressair. Acontece que ela acha isso bonito, fazer o que né? Sabe Lolinha, morar fora do país nos faz enxergar mts coisas, que passa despercebido pelos olhos de quem mora no nosso país. É mt difcíl vc expor suas opinioes num país onde tudo dói no povo, num povo que infelizmente tem a autoestima tao baixa, que precisa se expor desse jeito vulgar pra atrair atencao e nunca vai acreditar que isso tem a ver com autoestima, “é só o meu estilo gostosona de ser”, é tbm uma questao cultural mt forte, essa de ser a eterna mulher delícia, que chama mais atencao que a mulher que o cara tem em casa… Agora, vai dizer isso pra brasileiro, nossa, ele vai te xingar assim como te xingaram aqui. E vai ficar ofendidíssimo, porque nunca vi um povo pra ser tao sensível a crítica do que nós, minha bichinha, a gente tem mt o que aprender,sabe?? Estamos milênios de distância de entender o que é se vestir bem e com elegância e mais distantes ainda de aprender a lidar com críticas.

    Nao achei vc nenhum pouco dura com ninguém, vc falou o que pensa. Os outros aqui tbm e pronto. Agora te chamar de mal amada, ahh tenha dó, qd as pessoas vao entender que isso é só uma crítica, uma opiniao pessoal, pura e simples e nao tem nada a ver com ser mal amada ou ter inveja? Ai, isso cansa Diacuy. Cansa!

    • diacuy disse:

      Nina seu comentario daria um post rsrsrs. É isso mesmo nada mais a acrescentar.
      O brasileiro é muito sensível quando se refere a ele, mas para ofender os outros a sensibilidade é de hipopotámo rsrsr ihhhh lá vem xingo.

  9. Rose M disse:

    ha ha ha…amei este post e mais ainda o back and forth dos comentasrios…Lola, so vc!!
    Engracado…….depois do comentario da Nina ninguem mais falou? O que houve?
    Eu tenho seguido varios blogs de moda brasileiros. Ha muitos de um bom gosto incrivel. Mulheres lindas brasileirissimas que se vestem com bom gosto e bom sensomsem perder e “rebolado”, E viva a diversidade de bom senso, sim pois ate o bom senso e diverso.
    Abracao Lola!!

    • diacuy disse:

      Tu fica quietinha aí, pois tu mora no “estrangeiro” e deve fazer tempo que não vem ao Brasil. rsrsrrs
      Eu tb acho a diversidade inclusive de estilo o máximo, pois se fossemos todos iguais quem eu iria criticar? Falar mal da roupa de quem né?
      Já pensou todas com a bunda da Valesca? De quem eu teria inveja?
      rsrsrsr
      Beijinho

  10. Rose M disse:

    Looooola!!
    Tive ai sim!! Em Julho, pois eu nao consigo ficar longe desta terra.
    Este negocio destas calcas apertadas e antigo, acho que sempre foi assim, esta coisa de mulherao, parece que faz parte do carater do nosso povo.
    Agora, algo que tenho que salientar : Este tipo de coisa e igual droga, se prolifera e por que tem audiencia, ne nao?
    Estava eu ai no Rio no aeroporto esperando minha filha chegar e uma moca assim “bem grande” rondava a area dos arrivals….olha, nao havia uma pessoa que nao olhasse. As pernas da moca realmente pareciam troncos de arvore. Os bracos, os seios enormes e la no pescoco…interessante isso…..E ela estava usando uma saia minuscula e um sapatos de salto altissimo!! Eu nunca tinha visto algo parecido assim numa situacao tao cotidiana….o que eu pensei foi na quantidade de tempo e malhacao e dedicacao a « causa » que leva pra uma mulher chegar a aquela porcentagem de musculos…
    Eu nao quero ficar popozuda, so quero mesmo os bracos da Michelle Obama…
    Bom, a Valeska..minha nossa!! O que dizer? Nada. Mas vamos pensar no ser humano por tras destas bundas e tudo o mais…..por que sera que se dao a tamanho espetaculo? E nos na audiencia…por que nos incomoda tanto?
    Nao acho que seja inveja nao, inveja e quando a gente quer aquilo que e do outro e nao creio que seja este o caso. Acho que parte deste discomforto criado por estas imagens destas mulheres, nos remete a uma parte de nos muito sensivel…ninguem gosta de ser visto como um objeto, sem sentimentos, sem alma. Quando olhamos pra estas mocas a gente ve isso…mulheres sendo usadas, e por isso que a gente fica chateada…e mais profundo do que algumas pessoas ai disseram…..
    E so pra finalizar e dar um pouco de forca o que acabei de dizer, quando fui a Amsterdan eu passei mal, vomitei quando passavamso pelo Red Light District….dentro daquelas « vitrines » eu so enxergava, maes, filhas, irmas…..
    Gostei do post, do tema e das nossas discussoes. Que veham mais e que possamos refletir……
    Merci Lola!!!

  11. regia disse:

    ATE CONCORDO COM ALGUMAS COISAS QUE VC FALOU, A MULHER NO BRASIL VEM SE DESVALORIZANDO DEMAIS, MUITA VULGARIDADE E POUCO CONTEUDO, PORÉM COR DE PELE NÃO TEM NADA A VER COM ISSO!

    • diacuy disse:

      Falei em cor de pele daquelas mulheres que ficam torrando em fornos de bronzeamento artificial pra ficar com aquela cor de tijolo. Vide Adriane Galisteu.
      Obrigada pelo comentário e volte.
      bjus

  12. Adelia David disse:

    ate concordo com algumas coisas tambem! mas… as pessoas tem direito de fazer o que quizer são livres, se elas se sentem bem em alisar o cabelo porque não alisar o cabelo aliás agora no dia 03/11/2011
    vou colocar a minha proteses de silicone no GLUTEO E ESTOU MUITO FEEEEEEEEELIZ!!!!!!
    e é isso! e daí.estou mega feliz com isso VIVA O LIVRO ARBITRIO. ABRAÇOS E SEJA FELIZ

    • diacuy disse:

      Querida Adelia, obrigada pela visita.
      Eu não acho errado ter protese de silicone, apenas acho ridículo exibir isso como troféu, eu tenho prótese de silicone e não me acho melhor nem pior que ninguém, alias acho que todo mundo deveria ter acesso a esses recursos que hj em dia é considerado luxo.
      Beijo
      Volte sempre e viva a liberdade!!!!

  13. Abi Agnes disse:

    Sei bem como é. Mulheres como eu (com pernão, bundão, blé, blé, blé) sofre. Eu nao quero usar nada que marque minhas curvas generosas, mas, infelizmente, nao encontro nada!
    é uó!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s