Blog da Rosana-tem-toda-razao.

Amei esse Post da Rosana, to com ela e nao abro:
Fonte Blog: Querido Leitor da Rosana Hermman

http://noticias.r7.com/blogs/querido-leitor/2011/04/29/elegancia-e-tudo-mais/

Enquanto o casamento acontecia eu estava no dentista, mas acompanhei pelo celular. Antes de sair também dei uma espiadinha na Record News via R7, como comentei no post anterior.

Mesmo com toda a expectativa de cobertura, confesso que fiquei surpresa com o fato dos DEZ Trending Topics do Twitter Brasil terem palavras referentes ao evento. Ok, nove em dez. Mas todos?!

É a globalização dos assuntos, de fato. Cada vez mais, todo mundo fala da mesma coisa por um breve momento. Não eram apenas os 15 minutos de fama de cada pessoa, Warhol deveria ter previsto os 15 minutos de assunto com o mundo inteiro.

Entre comentaristas de beijo, estilistas falando dos vestidos e análise (genial!) dos chapéus das filhas de Sarah Ferguson, chamou minha atenção o ‘conceito’ de elegância clássica do evento. Todas as mulheres realmente lindas. Não tinha NENHUMA fazendo o gênero perua deslumbrada de terceiro mundo, como acontece tanto aqui no Brasil. Aquela mulherada com Look Mortadela, bombada, agressiva, cheia de hormônios de frango que vemos sempre entre as sub-sub-celebridades, buscando mídia como quem busca crack. Acho uma coisa horrível, mas é apenas minha opinião. Tem mercado pra isso, tem gente que gosta. Tem gente pra tudo. São essas mulheres siliconadas que usam os peitos de plástico como se fossem pára-choques de Troller, abrindo caminho no mundo da fama na base da peitada. Isso é o oposto da elegância, da feminilidade. Isso é a pobreza de espírito, a insegurança da alma, a ambição do bolso, gritando por atenção. Em inglês isso tem um ótimo termo: attention whore. Vê se tinha uma única mulher assim, fazendo o gênero biscate-em-busca-de-patrocinador-da-vida.

A interpretação é chã, eu sei, mas peito gigante de silicone é uma espécie de ‘pênis ereto’ que a mulher usa pra se impor. Quer botar uma prótese? Beleza, vai lá. Mas usa algo proporcional, que pareça natural, não duas calotas de fusquinha separadas por um metro de distância.

Quer saber? Eu realmente abomino esse tipo de look. Ser sexy, mostrar uma fenda bacana, um decote legal, é ma-ra-vi-lho-so e muito feminino. Mas essas mulheres lustrosas, com vestidos amarrados, calcinha marcando, parecem mais com provolones do que com mulheres.

Nesse aspecto, o casamento real foi um banho de elegância. Bom pra lembrar que elegância não tem a ver com agressividade nem imposição ou desespero. Elegância tem a ver com minimalismo, suavidade, firmeza.

Firmeza não é força.
Firmeza é equilíbrio.

Estou com a daminha de honra que tapa os ouvidos. Mulher grotesca? Não quero nem ouvir falar.

Bom dia.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s