Tem que correr, tem que suar, tem que malhar

Hoje voltei a Academia depois de quatro meses parada, nunca tinha ficado tanto tempo inerte depois do nascimento do meu primeiro filho que hoje tem doze anos e tive que começar a me exercitar para derreter 23 quilos a mais de pura banha.
Pra ser sincera detesto academia, mas foi o jeito que eu e meu marido encontramos para reunirmos a familia inteira na hora do exercício, meu lance é correr na rua, mas confesso que ter uma infra a sua disposição otimiza seu tempo e treino.

O que gosto dessa academia:
-Aparelhos novinhos
-Piscina ótima para treinar
-Dentro do shopping
-Vestiarios
-Pessoal competente.
O que não gosto:
É uma academia.

Depois da Yoga, (aula boa: tenho que dizer que me senti um hipopótamo no meio de minhocas,fazer o quê meses parada e nunca fui flexivel em nada) , fui tomar meu banho apressada pra variar e entrei no vestiário que pra mim é um espetáculo a parte. Cheio de loiras, me senti na Fazenda, estava só esperando a hora que elas iriam me mandar para roça “por falta de afinidade” já estava ensaiando meu discursinho pobre-coitadinha que só tem dinheiro pra por silicone e mais nada, e que o dinheiro do prêmio seria pra comprar uma casa para meus pais, mesmo que eles já tenham morrido.
Muitas loiras, sério, não tenho nada contra, mas fico pensando que o Brasil está virando um país nórdico, não existe mais morenas e crespas somente loiras e lisas.
Detalhe todas se chamam pelo diminutivo “inha” é um tal de Marcinha, Claudinha, Aninha, inha e inha, só eu era ona, bundona e etc.
Depois chegou uma turma de mães com suas mini-peruas, um festival de ostentação e competição sem fim: – Filhinha põe o maiô que compramos na Disney. – Maria Fernanda, coloca os óculos direito, custaram uma fooortuna. – Maria Clara fica paradinha se não vou chamar sua babá pra ela vir te trocar.
Meus Deus, qual os valores dessas crianças que não envolva dinheiro e posição social? O jeito que essas crianças tratam os professores é deprimente, sei disso porque levo o meu menor a natação e fico achando a Suzane Louise Von Richthofen uma meiga.
O papo tá bom, mas tenho que ir antes que eu seja atingida por essa chuva de água oxigenada que com certeza cai por aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Tem que correr, tem que suar, tem que malhar

  1. Jana disse:

    É… Viva nós: morenas, lindas e NATURAIS! Ainda q com algumas (muitas) coisas fora do lugar… Bjs. ;o))

  2. edna reis disse:

    Muito bom kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. edna reis disse:

    Ah vamos fazer academia juntas??? kkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s